terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Conheça a V Mostra Virtual de Inclusão Digital

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Diretoria Pedagógica
Assessoria de Inclusão Digital

http://websmed.portoalegre.rs.gov.br/smed/inclusaodigital/mostravirtual2016/


     Aprecie produções de escolas da Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre, que acolheram o uso de mídias escolares e tecnologias como recurso pedagógico durante seu desenvolvimento no ano letivo de 2016.

Clique aqui.

Disponível, em livro, as apresentações do Seminário sobre Educação Midiática, do CCS-Brasília


 Replicado de AbpEducom.

O Conselho de Comunicação Social do Congresso Nacional acaba de disponibilizar a transcrição do seminário sobre Educação Midiática e Informacional no Brasil – Um Olhar a Partir da Perspectiva da Unesco, ocorrido em Brasília, no dia 7 de novembro de 2016.
Na introdução do livreto, o Presidente do CCS, Dr. Miguel Cançado, explica que o evento havia sido proposto pelo Prof. Ismar de Oliveira Soares, membro do CCS e Presidente da ABPEducom, que coordenou o evento.

O seminário contou como
 expositores, com a presença daProfª Raquel Paiva, da UFRJ; da aluna Clarice Villari (14 anos), do Colégio Dante Alighieri; da aluna Maria Eduarda Silva de Oliveira(13 anos), da EMEF Casa Blanca de São Paulo; da Profª Sandra Zita Silva Tiné, do MEC, e do Senhor Alton Grizzle, articulador do Programa GAPMIL da UNESCO.


Professor Ismar Soares durante apresentação no Seminário sobre Educação Midiática, em Brasília
O livro, ilustrado com fotos, é composto de 44 páginas de relatos colhidos pela equipe de taquigrafia do Senado. O volume tem um valor documental, levando em conta a especificidade das funções ocupadas pelos integrantes do painel: uma pesquisadora da UFRJ (com projetos de educação midiática na Favela da Maré no Rio); uma representante do MEC (reconhecendo a importância do ministério haver priorizado a educomunicação como referencial para o projeto Mais Educação, chegando a atender mais de 4 milhões de aluno; duas representantes de um projeto interinstitucional de educomunicação, trazendo o testemunho dos adolescentes participantes de projetos de educação midiática e, finalmente, a palavra da própria UNESCO, sobre os fundamentos da Media and Information Literacy.

Encontre o livro aqui.http://www.abpeducom.org.br/2016/12/disponivel-em-livro-as-apresentacoes-do.html#more

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Replicando. O Novelo propõe a terceira semana temática: a Semana da Consciência Negra, a ser realizada dos dias 20 a 27 de novembro. Convidamos a todos e todas para participar da Semana da Consciência Negra. Numa sociedade onde o ódio é crescente, O Novelo se propõe a ser usado como uma ferramenta transformadora, abordando temas de extrema importância e urgência, e aprofundando o debate em torno da questão racial. “Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, ou por sua origem, ou sua religião. As pessoas precisam aprender a odiar, e se elas podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar, pois o amor chega mais naturalmente ao coração humano do que seu adversário” (Mandela em sua biografia “A Longa Caminhada para a Liberdade”). COMO PARTICIPAR - envie seu material para O Novelo, podendo ser artigo de opinião, experiência, relatos, crônicas, fotos, poesias, cartuns, entre outros trabalhos autorais sobre a questão racial. COMO ENVIAR MATERIAL - você pode enviar seu material para onovelo@onovelo.com.br ou submeter diretamente pelo site onovelo.com.br

Em dia histórico no Congresso Nacional, estudantes discutem Educomunicação com especialistas e a Unesco

Replicado de http://www.abpeducom.org.br/

 
 Na mesa principal do Seminário: Ismar Soares (Abpeducom), Raquel Paiva (UFRJ), Sandra Tiné (MEC) Miguel Cançado (CCS) Alton Grizzle (Unesco) e as estudantes Maria Eduarda Oliveira e Clarice Villari

O Conselho de Comunicação Social (CCS) do Senado Federal recebeu nesta segunda-feira (07) o Seminário 'Educação Midiática e Informacional no Brasil - um olhar a partir da perspectiva da Unesco. O evento representa um marco histórico para a Educomunicação: pela primeira vez estudantes participaram de discussões sobre educação midiática no Congresso Nacional.

O ponto auge do evento foi a participação do Educom.Geração.Cidadã.2016 - projeto educomunicativo que integra o colégio Dante Alighieri e a EMEF Casa Blanca. As estudantes Clarice Villari e da Maria Eduarda Silva de Oliveira apresentaram aos membros do CCS como a educomunicação é trabalhada na prática, integrando "mundos que parecem diferentes, mas que são, na verdade, muito próximos".

"Representamos um grupo de participantes do projeto, jovens como nós, como todas essa pessoas aqui. Eles não puderam estar aqui hoje, mas vamos sempre lembrar que esse é o grupo que a gente está representando. Todos eles tiveram uma parte muito importante no projeto: Educom.geração.cidadã.2016", disseram.

 Assista na Íntegra o Seminário Histórico no Senado


 Presidente da ABPEducom e coordenador do Seminário no Senado, Ismar Soares abriu as atividades enaltecendo como um programa de educação midiática e informacional pode oferecer contribuições para melhorar os processos educativos. 

"Hoje, o CCS se propõe a ouvir especialistas no âmbito dos fundamentos e das práticas que as Nações Unidas determinam como 'media and information literacy', algo que vai além do nosso âmbito brasileiro e que já está presente na sociedade internacional há várias décadas. Foi a partir da Unesco que esses conceitos se consolidaram em todo o mundo, inclusive no Brasil", disse Ismar. 

Alton Grizzle, representante do Escritório Central da Unesco (Paris) e diretor da Divisão de Liberdade de Expressão e de Desenvolvimento da Mídia, explicou como as diretrizes da alfabetização midiática e informacional têm muitas interfaces com a Educomunicação. 


 "A Unesco usa este termo "informação e alfabetização midiática", que é muito similar ao que estamos chamando de educomunicação no Brasil. O trabalho da Unesco sobre essa informação midiática se concentra em fortalecer o uso livre e democrático da mídia. Então, o setor de comunicação e de formação da Tecnologia da Informação tem três aspectos importantes. Nós nos concentramos em promover a capacitação para o jornalismo profissional e para os especialistas de informação em mídia e infraestrutura. Nós olhamos o marco regulatório e jurídico das leis da mídia e a governança da internet também", disse.
Raquel Paiva, professora da UFRJ, destacou a importância de habilitar os cidadãos de todas idades, gêneros e qualquer nível de instrução a ler, a interpretar as produções midiáticas, na opinião da especialista, responsáveis "por nos dizer quem somos e o que fazemos". 

Estudantes do projeto Educom.Geraçao.Cidadä.2016 concederam entrevista para TV Senado


"A relação entre educação e comunicação está dada desde o início de todas as discussões em torno do consumo das produções midiáticas. O que eu valoro como ponto fulcral na atuação da proposta da Educomunicação é o fato de ela ter se transformado numa presença concreta, há praticamente duas décadas, em inúmeras escolas do Estado de São Paulo principalmente, e pelo fato de aliar ao questionamento crítico o aspecto da produção. Quando ela insere a produção, ela entra na seara do lúdico, e é essa, talvez, a única esfera capaz de fazer frente a esse do universo dominado pelo sensório.

" Para Sandra Zita Tiné, da Diretoria de Currículos e Educação Integral da Secretaria de Educação Básica do MEC, devemos pensar as tecnologia como parte da cultura, integrando no cotidiano das práticas sociais. 

"Não podemos mais pensar as relações educativas sem a presença das tecnologias. Estas não podem ficar apenas restritas aos muros da escola. O uso da tecnologia precisa extrapolar, fazendo parte das disciplinas, mas, sobretudo do ponto de vista interdisciplinar. O objetivo é provocar a comunicação entre as dimensões, contemplando as especificidades", afirmou.



V Global MIL - UNESCO - Alfabetização midiática no município de Porto Alegre

Exibindo IMG_20161103_163042680.jpg
Prof.Ismar Soares e Prof Jesualdo Freitas

Relato de trabalho realizado em Porto Alegre na alfabetização midiática na Rede Municipal de Educação no evento da UNESCO juntamente com a ABPEducom.
Neste post alguns vídeos sobre a produção nas escolas. #GlobalMILBrasil



V Global MIL Week 
 GAPMIL Latin America and Caribbean
 Chapter: Brazilian Educommunication Meeting, 
ABPEducom: 
VII Encontro Brasileiro de Educomunicação ABPEducom - Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais em Educomunicação 
3 a 5 de novembro de 2016 
Mídia e alfabetização midiática: novos paradigmas para o diálogo intercultural 


DT 23 - Autoestima e promoção da alteridade, pelos caminhos da educomunicação 
Self-esteem and promotion of otherness, by educommunication paths
Coordenadora: Filomena Maria Avelina Bomfim, UFSJ, Minas Gerais. 

- Virgínia Borges Palmerston, UNI-BH, Minas Gerais. Leitura crítica da mídia e produção de jornal como processo educomunicacional para elevar a autoestima de jovens em região de risco, em BH.
 - Claudemir Edson Viana, ECA/USP, São Paulo. A Educomunicação possível: práticas e teorias da educomunicação revisitadas a partir de sua práxis. 
 - Jesualdo Freitas de Freitas, SMED/POA. Projeto AlémRede de alfabetização midiática no Município de Porto Alegre. 

David Soares explica o slogan da rádio.


Bruna Rocha Fonseca fala sobre seu crescimentos pessoal realizado na escola.


Alunos explicam a importância do projeto na escola, e como é bem recebido.



Encontro, adaptação de shakespiare em aula de Português, e makein off.

domingo, 6 de novembro de 2016

Debate amanhã, às 9h, no Senado, sobre Educação Mediática

(Replicado de abpeducom.org.br)
Transmissão ao vivo!!!
Debate amanhã, às 9h, no Senado, sobre Educação Mediática, com a participação do professor Ismar Soares (USP), Alton Grizzle (Unesco) e alunos da rede pública de SP e do colégio Dante Aliguieri!

A imagem pode conter: texto 

O Conselho de Comunicação Social do Congresso (CCS) recebe na próxima segunda-feira (07/11) um seminário interativo sobre educação midiática e informacional no Brasil. O evento será realizado no espaço do Senado Federal, articulado pelo CCS do Congresso.


O seminário ocorrerá entre 9hs e 12hs, no Plenário nº 3 da Ala Senador Alexandre Costa do Senado Federal. As pessoas que tenham interesse em participar com comentários ou perguntas podem fazê-lo por meio do Portal e-Cidadania, link www.senado.leg.br/ecidadania, e do Alô Senado, através do número 0800-61-2211.

O evento será coordenado pelo Presidente da ABPEducom, prof. Ismar Soares, membro do Conselho, e contará com a participação de representantes da sociedade civil, Clarice Villari e Maria Eduarda Silva de Oliveira - alunas, respectivamente, do Colégio Dante Alighieri (SP) e da EMEF Casa Blanca -, da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação e do escritório central da Unesco, em Paris.

Conheça a composição da mesa do seminário:


CONGRESSO NACIONAL
CONSELHO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
Em 7 de novembro de 2016, às 9h.
Plenário nº 3 da Ala Senador Alexandre Costa do
Senado Federal
SEMINÁRIO SOBRE EDUCAÇÃO MIDIÁTICA E INFORMACIONAL NO BRASIL – UM OLHAR A PARTIR DA PERSPECTIVA DA UNESCO
Composição da mesa:
  • ISMAR DE OLIVEIRA SOARES - Coordenador deste Seminário, membro do CCS e Presidente da Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais em Educomunicação – ABPEducom;
  • RAQUEL PAIVA – Doutora e Pesquisadora do Laboratório de Estudos em Comunicação Comunitária da UFRJ;
  • CLARICE VILLARI – Aluna de São Paulo e MARIA EDUARDA SILVA DE OLIVEIRA – Alunas, respectivamente, do Colégio Dante Alighieri (SP) e da EMEF Casa Blanca da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo;
  • SANDRA ZITA SILVA TINÉ – Assessora Técnica da Coordenação Geral do Ensino Fundamental, da Diretoria de Currículos e Educação integral da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação;
ALTON GRIZZLE – Representante do Escritório Central da UNESCO em Paris-França; Diretor da Divisão de Liberdade de Expressão e de Desenvolvimento da Mídia; e Articulador do Programa GAPMIL – Global Alliance for Partnership on Media and Information Literacy.
 
 
 

terça-feira, 4 de outubro de 2016

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Kerolin, 12 anos, entrevista Prof. Nelson Pretto (áudio)

Kerolin, 12 anos, entrevista Prof. Nelson Preto. Aluna da Escola Municipal Morro da Cruz de Porto Alegre, participa da Rádio Morro da Cruz na cobertura educomunicativa do ‪#‎FISL17‬. Esta publicação está crua para possibilitar trocas mais imediatas. Os alunos do projeto farão sua edição e publicarão em seus canais e aqui também posteriormente. ‪#‎ALEMREDENOFISL‬ ‪#‎ALEMREDE‬ ‪#‎EDUCOM‬ ‪#‎RADIOMORRODACRUZ‬

quinta-feira, 30 de junho de 2016

"AlemRede no FISL" é a fan page criada para cobertura colaborativa.


Mais uma vez haverá cobertura educomunicativa do Fórum Mundial de Software Livre 17ª edição (FISL 17), por alunos da Rede Municipal de Porto Alegre. O FISL tem sido um dos palcos de aprendizado, trocas e criação de conteúdo por parte dos alunos cujos professores e monitores que atuam em projeto de aula ou de oficina valorizam o ideário do software livre. Há alguns anos, estes alunos/estudantes visitam a feira de exposições do evento, que ocorre anualmente, e fazem cobertura midiática educomunicativa. 
Para esta edição do FÓRUM  foi criada esta fan page AlemRede no FISL,  para compartilhar esta produção que é expressão de um trabalho de educação que se realiza nas escolas do município pela SMED/PMPA.

#coberturacolaborativa  #alemredenofisl
#educom  #fisl17